sexta-feira, 5 de dezembro de 2014

Redesign dos livros de Harry Potter

A artista Kincső Nagy fez para o seu trabalho de graduação um 'redesign' dos livros de Harry Potter. Mesmo com capas simples e minimalistas, o livro ainda possui ótimas surpresas, como a capa que brilha no escuro, e os desenhos internos, que em sua maioria podem ser 'abertos', além de um 'pop up'.

 

terça-feira, 2 de dezembro de 2014

Desenhos do momento: Gravity Falls e Bojack Horseman

Fim de semana retrasado eu finalmente terminei Archer! Eu tinha ficado bem viciadão quando comecei, acho que assisti 2 temporadas em uns 10 ou 15 dias, depois acabei diminuindo um pouco o ritmo, até mesmo por conta de Avatar e os animes que estou acompanhando.Mas agora sim acabou e claro, já estou ansioso por janeiro, quando começa a 6ª temporada!



quarta-feira, 19 de novembro de 2014

Marco Polo - Mais uma série original do Netflix

Está chegando mais uma série original do Netflix: Marco Polo, que estréia dia 12 de dezembro. E com isso, já temos 2 trailers para nos despertar a curiosidade e o interesse. Eu gostei bastante do que vi, e a série promete. Dia 12 com certeza já tenho o que assistir, e claro, comentar com vocês.


Intriga. Mentiras. Derramamento de sangue. Estes são apenas alguns dos obstáculos que aguardam o lendário explorador Marco Polo enquanto ele navega a corte do regente do século 13, Kublai Khan. Dos becos de Veneza à perigosa Rota da Seda, da opulência da Cidade Imperial aos campos de batalha da China, Marco Polo é um épico de ação-aventura onde as culturas se chocam, sangue é derramado e mentiras são contadas...



Os 10 episódios desse drama arrebatador foram filmados na Itália, Cazaquistão e Malásia. O elenco global além de Richelmy, conta com Benedict Wong (Prometeu), Joan Chen (Twin Peaks), Chin Han (Arrow e Batman: O Cavaleiro das Trevas Ressurge), Zhu Zhu (A Viagem), Olivia Cheng (The Flash e Rastro Perdido), Claudia Kim (Os Vingadores: A Era de Ultron), Mahesh Jadu (Vizinhos), Tom Wu (007 - Operação Skyfall), Remy Hii (Águas Turvas), Uli Latukefu (Devil’s Playground) e Rick Yune (Invasão a Casa Branca, Velozes e Furiosos). John Fusco, autor indicado ao Oscar por Corcel Indomável, é o criador e produtor executivo da série e dirige ao lado de Dan Minahan, que já trabalhou nas séries Homeland e Game of Thrones. Os diretores indicados ao Oscar, Joachim Rønning e Espen Sandberg, de Piratas do Caribe: Homens mortos não contam histórias, dirigiram os dois primeiros episódios e atuam como produtores executivos. Marco Polo é produzida pela Netflix e The Weinstein Company"


Por fim, fiquem também com cenas dos bastidores da série.





sexta-feira, 14 de novembro de 2014

The Legend of Korra - Primeira Temporada

Depois do post anterior de Vícios do Momento, me viciei em The Legend of Korra! Aí eu assisti a primeira temporada em um pouco mais de 1 semana, e agora estou assistingo Avatar: The Last Airbender (mas isso é assunto para outro post).


segunda-feira, 3 de novembro de 2014

Bobagem do dia: Mashups de Space Jam

Me surpreendi ao descobrir que no reddit existe um subreddit exclusivo para remixes/mashups da música tema de Space Jam! Eu nem curto mashups, mas devo admitir que esse meme é legal.




terça-feira, 28 de outubro de 2014

Constantine - Primeiro Episódio

Menos de um mês da estréia de The Flash, agora é Constantine que resolve dar as caras nas telas e levar os fãs de quadrinhos para a frente da TV (ou computador). Confesso que nunca tinha lido nada do personagem, apenas assisti ao filme com o Keanu Reeves, e só consegui a hq Hellblazer - Hábitos Perigosos a poucos dias atrás, a qual ainda não tive o prazer de finalizar a leitura.



O episódio piloto já havia vazado a algum tempo atrás, mas eu optei por não assisti-lo devido a 2 motivos: o episódio ainda poderia sofrer alguma edição e eu não queria ficar alguns meses esperando até a série estrear oficialmente para poder ver o segundo episódio.

quinta-feira, 23 de outubro de 2014

Trilhas Sonoras: Fievel e Bernardo e Bianca

Muitos desenhos tem a sua trilha sonora praticamente eternizada, como é o caso de O Rei Leão e Frozen, por exemplo. Mas alguns desenhos possuíram músicas muito lindas, e que hoje poucas pessoas se lembram. Hoje vou mostrar 2 casos: Fievel e Bernardo e Bianca (The Rescuers).


quinta-feira, 16 de outubro de 2014

Vícios do momento #1

Eu gosto de muitas coisas, isso é fato, e o problema é que sempre falta tempo pra tudo o que eu gosto. Por causa disso, meus vícios vão se alternando aleatoriamente: quadrinhos, livros, animes/cartoons e seriados. Então eu resolvi falar um pouco sobre os meus vícios do momento, que provavelmente mês que vem já devem mudar, haha. Vamos então à lista:



quinta-feira, 9 de outubro de 2014

The Flash - Primeiro Episódio

Estreou nesta última terça (07/10) o esperado seriado do Flash, e ontem eu já dei uma conferida. Devo dizer que não sabia muito o que esperar, pois não acompanhei muitas notícias sobre ele, na verdade nem tinha visto o trailer, vi apenas algumas imagens, e tive uma surpresa muito boa.



quinta-feira, 2 de outubro de 2014

Top 5 Animes da Nova Temporada - Fall 2014

Chegamos a mais uma fall season, e agora temos novas temporadas, novas séries, e novos animes. E é disso que vou falar agora: que novos animes mais me chamaram a atenção nessa fall season. Vale lembrar que eles começam a passar agora em outubro, então este é um post de quais eu espero que sejam melhores, ainda sem ter assistido a algum episódio. Vale também lembrar que eles não estão em nenhuma ordem específica. Vamos então à lista:


terça-feira, 23 de setembro de 2014

[TAG] Confissões de um Bibliófilo

A Biliotecária Leitora me tageou, então vamos nessa, né?



sexta-feira, 12 de setembro de 2014

[TAG] Minha Vida em Hogwarts

Hoje respondo aqui mais uma tag (FINALMENTE!), agora sobre Harry Potter. Eu vi essa tag no Canastra Literária: Minha Vida em Hogwarts.




quarta-feira, 10 de setembro de 2014

Descobertas musicais do dia - Em francês

Hoje descobri quatro sonzinhos novos em francês.








Espero que tenham gostado!


terça-feira, 9 de setembro de 2014

Doctor Who - Motivacionais

Descobri esse user do Flickr que posta vários desenhos/mensagens legais, e muitas são de Doctor Who, então resolvi separar algumas e postar aqui para vocês. Não esqueçam de conferir o site também :D





sexta-feira, 5 de setembro de 2014

Resenha: Duologia Assassin's Curse

Esta foi uma duologia que eu fiquei com muita vontade de ler assim que a descobri e vi umas resenhas. A sinopse me agradou muito, assim como a ideia de mundo criado por Cassandra Rose Clarke (não confundir com Cassandra Clare). Esta é uma resenha spoiler free então pode ler sem medo.







Ananna of the Tanarau abandons ship when her parents try to marry her off to an allying pirate clan: she wants to captain her own boat, not serve as second-in-command to her handsome yet clueless fiance. But her escape has dire consequences when she learns the scorned clan has sent an assassin after her.

And when the assassin, Naji, finally catches up with her, things get even worse. Ananna inadvertently triggers a nasty curse — with a life-altering result. Now Ananna and Naji are forced to become uneasy allies as they work together to break the curse and return their lives back to normal. Or at least as normal as the lives of a pirate and an assassin can be.


terça-feira, 26 de agosto de 2014

Seriado: Mr. Selfridge

Este final de semana comecei a assistir um novo seriado que chegou no Netflix: Mr. Selfridge. É um seriado de 2013 que já tem a terceira temporada garantida para 2015. Somos apresentados à história de Harry Gordon Selfridge e a sua loja de departamentos Selfridge & Co que foi inaugurada em 1909.


Criada por Andrew Davis, a série adapta a vida de Harry Selfridge, proprietário de uma das primeiras lojas de departamentos da Inglaterra. Situada em 1909, a história inicia quando Selfridge (Jeremy Piven, de Entourage), um empresário americano, chega em Londres com uma visão de empreendedor. Sem deixar passar as oportunidades que surgem, ele se associa às pessoas influentes para criar a loja de departamentos Selfridges. Buscando engrandecer seus negócios e atrair clientes, bem como novos investidores, ele cria situações que possam promover sua empresa. Com o sucesso, ele se envolve com outras mulheres, apesar de se considerar feliz no casamento. Em paralelo, a história mostra a vida de Agnes (Aisling Loftus), uma jovem que sofreu violência doméstica por parte do pai alcoólatra. Trabalhando na Selfridges, ela começa a descobrir um novo mundo e seu talento para uma nova profissão, a de designer de vitrines.

Eu gostei bastante do primeiro episódio, que mostra o período de construção e contratação de funcionários da loja. É possível ver como o otimista Harrry Selfridge contrasta com os londrinos sempre pessimistas. O visual e o clima da série são muito bons, e o episódio flui de maneira que não vemos o tempo passar. Indico para todo mundo que tem interesse em ver Londres nos anos de 1910, bem como quem gosta de vendas, marketing, publicidade e propaganda. Confiram abaixo o trailer:

quarta-feira, 20 de agosto de 2014

Diário de Bordo: PR #47 - Gom Não Responde

Depois de um tempo sem ler Perry Rhodan e postar a coluna Diário de Bordo, aqui está: mais um volume de Perry Rhodan resumido e comentado!














Informações
Ciclo: 1 - A Terceira Potência
Autor: Kurt Mahr
Lançamento: 27/07/1962
Período da história:28 de Outubro de 1984
Localização: Gom
Personagens: Reginald Bell, John Marshall, Ivã Ivanovitch Goratschin, Betty Toufry, Tako Kakuta, Ras Tschubai, Wuriu Sengu, Kitai Ishibashi, Tama Yokida





Resumo


Este volume mostra a aventura de Reginald Bell e os mutantes, após serem atraídos para a superfície do planeta Gom por uma força desconhecida. Gom é um planeta com alta gravidade (3,8G) e clima desértico, e lá eles observam estranhas plantas, bem como uma misteriosa mancha escura que se move pelo chão, e que aparentemente 'devora' toda a sua nave. Esta mesma mancha controla a mente e sequestra os mutantes Ivã Ivanovitch Goratchim, Kitai Ishibashi e Wuriu Sengu. Após um tempo, ela passa a se deslocar em direção a Bell e os outros, que tentam lutar, mas acabam tento que fugir e se esconder em uma caverna.

Nessa caverna, eles notam que a temperatura é constante, e também descobrem vários recintos com pequenas manchas ambulantes a quem dão o nome de Solhas. As solhas podem se unir formando indivíduos maiores e mais inteligentes, até o ponto em que um indivíduo grande possui o dom da telepatia e a capacidade de devorar qualquer matéria orgânica. Eles são perseguidos pelas solhas e ao tentar escapar, estas chamam a ajuda dos Bios (seres artificiais criados pelos Aras) para repelir os humanos. Mas Bell e seus companheiros conseguem fugir, indo ainda mais para o interior da caverna.

Então eles encontram Ivã Ivanovitch desacordado e envolto por este ser unidimensional. Marshall consegue entrar em contato com um grande agrupamento de solhas que os ajudam a sair da caverna, e também descobre que as mesmas são utilizadas pelos Aras como fonte de matéria orgânica, e que toda a construção nas cavernas serve para que as solhas possam se reproduzir e criar o material.

Após sair da caverna, eles são cercados pelos Bios, e durante a luta Tako Kakuta consegue se teleportar para uma das naves que estava vazia. Mas as naves eram teleguiadas, e assim que ele entra, ela parte em direção à 18ª lua de Gom, onde o conselho de Saltadores e Aras estava reunido. Os humanos conseguem derrotar os Bios graças a Ivã Ivanovitch, que os ajuda no último instante explodindo todos os inimigos e desmaiando novamente. Após a explosão, eles são protegidos de uma tempestade pelas próprias Solhas, mas não recebem qualquer explicação do motivo.

Após se retirarem em busca de uma nave dos Bios para sair do planeta, Marshall descobre que as Solhas estão se reunindo para atacá-los novamente. Dessa vez as Solhas receberam um ultimato dos Aras: ou acabam com os humanos, ou os Aras exterminam boa parte das solhas de Gom. Elas vão aos poucos se unindo para formar uma superinteligência e decidir o que farão, e é claro que decidem por atacar os humanos, junto com mais um exército de Bios enviado pelos Aras. Com isso o grupo de Bell se apressa para entrar em uma das naves utilizadas pelo grupo anterior de Bios e tentar se defender.

Com a nave para servir de proteção e Ivã Ivanovitch acordado suas chances são um pouco melhores, mas ainda assim a situação não é nada boa. Mas eles então recebem a repentina ajuda de Tako Kakuta, que retorna após conseguir manobrar a nave dos Aras, e o retorno de Wuriu Sengu e Kitai Ishibashi que retornam após escapar do local onde eram mantidos reféns pelas Solhas. Marshall consegue enviar uma mensagem em código morse para a nave Titan, que vem resgatá-los. A história termina com a Titan voltando para a Terra.


Considerações


Eu gostei bastante da história deste volume, embora em alguns momentos ela esteve um pouco mais arrastada do que eu esperava. Mesmo assim os momentos de ação fazem valer a pena, assim como o planeta e a forma de vida apresentados por Kurt Mahr serem muito legais. Gostei da ideia das Solhas, o fato de serem seres unidimensionais que podem se unir para aumentar a inteligência e até possuir capacidades telepáticas.

terça-feira, 19 de agosto de 2014

Assistindo Doctor Who clássico #3: The Edge of Destruction

O terceiro arco de Doctor Who é The Edge of Destruction: dois episódios dentro da TARDIS, apenas com o Doctor e seus 3 acompanhantes. Parece que realmente estavam precisando economizar com cenário e atores, mas nem por isso o arco é ruim.



O arco é formado por dois episódios:
  1. The Edge of Destruction
  2. The Brink of Disaster
No primeiro episódio temos o grupo tentando descobrir o que aconteceu e se a TARDIS está com problema. Também vemos Bárbara e Ian agindo de maneira estranha em certos momentos.

No segundo eles começam a discutir e o Doctor acusa Barbara e Ian de estarem sabotando eles, enquanto Susan fica dividida entre Doctor e seus professores.

SPOILER (passe o mouse para mostrar)

O problema na TARDIS era apenas o 'botão de retorno rápido' que tinha ficado travado, fazendo com que a mesma retornasse a um determinado ponto a casa X segundos (acho que eram 15 segundos).


Tudo culpa de UM botão travado

Considerações


Mesmo sendo um arco claramente feito com o orçamento em mente, não é por isso que The Edge of Destruction seja ruim. Nele vemos um Doctor paranóico, que chega a ameaçar expulsar Barbara e Ian para fora da TARDIS. Também vemos uma TARDIS que não funciona direito, uma Susan assustada, e Barbara e Ian revoltados com a situação e com a suspeita do Doctor. Este episódio me lembra um pouco The Twilight Zone, que possui o foco na parte psicológica dos personagens.

Enfim, é um arco que pode ser aproveitado, mas apenas se você não se importar com a falta de personagens e o clima mais 'psicológico' da história.


Curiosidades


  • Este arco foi feito com 2 episódios pois a BBC tinha se comprimetido originalmente com 4 episódios de Doctor Who, que depois foram expandidos para 13. Com 2 episódios faltando para completar o prometido, e sérias restrições de orçamento, este arco foi a saída encontrada para completar a temporada. (Que acabou sendo expandida novamente até o arco Reign of Terror);
  • É nesta história que o Doctor percebe pela primeira vez que a TARDIS é (um pouco) consciente;
  • É o único arco completo com apenas o Doctor e seus companions, além de ser o arco com a menor quantidade de atores: apenas 4;
  • Também é o único arco em que a ação ocorre apenas dentro da TARDIS;
  • A história Amy's Choice se passa (tecnicamente) toda dentro da TARDIS, mas a ação em si ocorre na Terra, dentro dos sonhos.

sexta-feira, 15 de agosto de 2014

Seleção de Capas #1 - Ficção Científica

Apresentando a vocês uma seleção de capas. Mas não vou fazer batalha de capas do mesmo livro, como é o usual, e sim apresentar belas capas de livros do mesmo gênero: Ficção Científica.

These Broken Stars - Amie Kaufman (Ver na Amazon)





It's a night like any other on board the Icarus. Then, catastrophe strikes: the massive luxury spaceliner is yanked out of hyperspace and plummets into the nearest planet. Lilac LaRoux and Tarver Merendsen survive. And they seem to be alone.

Lilac is the daughter of the richest man in the universe. Tarver comes from nothing, a young war hero who learned long ago that girls like Lilac are more trouble than they’re worth. But with only each other to rely on, Lilac and Tarver must work together, making a tortuous journey across the eerie, deserted terrain to seek help.

Then, against all odds, Lilac and Tarver find a strange blessing in the tragedy that has thrown them into each other’s arms. Without the hope of a future together in their own world, they begin to wonder—would they be better off staying here forever?

Everything changes when they uncover the truth behind the chilling whispers that haunt their every step. Lilac and Tarver may find a way off this planet. But they won’t be the same people who landed on it.

--

A timeless love story, THESE BROKEN STARS sets into motion a sweeping science fiction series of companion novels. The Starbound Trilogy: Three worlds. Three love stories. One enemy.

quarta-feira, 13 de agosto de 2014

[Música] Músicas que não me canso de ouvir #1

Reparei que nunca postei nada de música aqui, não é mesmo? Então resolvi compartilhar vocês duas músicas que (mais recentemente) de vez em quando me dá vontade de ouvir.

A primeira é de uma cantora sueca que participou do programa Idol em 2011: Moa Lignell - When I Held Ya



Já a segunda é de uma banda Steampunk chamada Steam Powered Giraffe. Eu descobri ela no 8tracks e curti bastante, e depois fuçando por aí conheci essa música em específico: HoneyBee. Abaixo a versão ao vivo, que foi a primeira vez que eu ouvi, e o clipe. Eu adoro a identidade visual dessa banda (além da sonora, claro).





Espero que tenham gostado!

quarta-feira, 6 de agosto de 2014

Leituras de Julho + Livros Novos de Aniversário

E ai pessoal, tudo bem? Mais um mês se passou, e está de novo na hora de comentar o que eu li durante este período. E já vou também mostrar o que ganhei de aniversário (02/08), e o que planejo ler em Agosto.


quarta-feira, 30 de julho de 2014

Novas capas de Harry Potter

Foram divulgadas recentemente as capas das novas edições de Harry Potter. Estas edições são voltadas para um público mais infantil e lançadas pela nova 'casa' do bruxo, a Bloomsbury. A primeira capa já havia sido divulgada, e agora temos todas elas. Vejam abaixo:








Eu adorei estas capas, e vocês?

Fonte: The Guardian

quinta-feira, 24 de julho de 2014

Dragonriders of Pern - Ficção científica com cara de fantasia medieval

Eu fiquei conhecendo essa série literária a anos atrás, 2005 se não me engano, quando um amigo da faculdade começou a ler e ficou completamente viciado. Lembro ele lia no pc, e quando ia para a faculdade, levava algumas páginas impressas para continuar a leitura (pois é gente: comprar na Amazon era difícil e ler no e-Reader/tablet só vieram depois). Claro que fiquei curioso mas ao mesmo tempo não quis começar mais uma série literária, até mesmo por serem muitos livros. Posteriormente esse mesmo amigo comprou os livros, tanto os que ele já tinha lido como os que faltavam, e ao 'vê-los pessoalmente' fiquei ainda mais interessado. Mas só agora em 2014 é que voltei novamente minha atenção para esta (ótima) série, tomei vergonha na cara, peguei o primeiro emprestado, e comecei a ler.



sexta-feira, 18 de julho de 2014

Séries para ver nas férias: Extant e Salem

Para quem estuda, o mês de julho costuma ter sempre um grande significado: FÉRIAS! Então vim aqui recomendar duas séries para vocês aproveitarem a folguinha e curtirem o tempo livre extra. As duas eu só assisti o começo, mas ambas eu achei muito promissoras. Então vamos lá.


Extant


Imagine a seguinte situação: num mundo futurista, Molly Woods retorna para casa depois de uma missão solo de 13 meses no espaço, e reencontra seu marido e seu filho. Ao fazer os exames médicos de rotina após o retorno ao solo, ela tem uma surpresa: está grávida. Bem, isso já seria altamente improvável, visto que ela ficou 13 meses SOZINHA em uma estação espacial, mas fica ainda mais curioso: ela é estéril, e seu 'filho' nada mais é do que um robô com inteligência artificial extremamente avançada, e com liberdade total de decisões. Este é o plot de Extant, nova série da CBS que estreou semana passada e possui 6 episódios previstos. Confira abaixo o trailer, e lembre-se de ativar as legendas que estão embutidas.




Com base nos dois primeiros episódios que eu vi, devo dizer que achei a proposta muito interessante. Já deu pra ver que o mistério será o grande foco desta história, e que ela vai me agradar bastante, portanto vou sim acompanhar os próximos 4 episódios que ainda vão sair.

Nota: O significado de extant é: Ainda em existência; o oposto de extinto.


Salem


Como você já pode imaginar pelo título, esta é uma série que tem como tema as bruxas de Salem.
Salem se passa em Massachusetts no século XVII e acompanha a história de Mary Sibley, uma bela jovem casada com um rico membro do conselho da cidade, e que deixou uma antiga paixão para trás quando John Alden partiu para a guerra.

John retorna agora, dez anos depois, para Salem, e encontra uma cidade mergulhada em uma louca caça às bruxas, com mulheres queimadas e enforcadas ao primeiro sinal de possessão demoníaca.



Eu assisti apenas o primeiro episódio, mas gostei bastante e a série está 'em espera', até que eu tenha um pouco mais de tempo. Acabei deixando ela de lado quando saiu Penny Dreadful, e novamente quando saiu Extant, mas vou assisti-la ainda este ano. Vale mencionar que esta primeira temporada acabou agora dia 13 de julho e ela já foi renovada para ano que vem, então em 2015 tem mais!

E você, que série recomenda para estas férias de inverno? Já assistiu alguma destas duas?

segunda-feira, 14 de julho de 2014

[TAG] Bosque dos 100 acres - tag do Ursinho Puff

Vi que essa tag foi sugerida/pedida para um canal que eu sigo (LittleBookOwl) para ser respondida, e como Puff/Pooh fez parte da minha infância e eu tenho um carinho todo especial por este desenho, fui atrás dela. Ela foi criada pelo canal LeaningLights e o vídeo original estará no final do post (em inglês).


  1. Christopher Robin - Livro ou personagem que demonstrem compaixão, paciência ou atos de bondade;
  2. Leitão - Um livro que deixou você assustado, receoso ou com medo;
  3. Bisonho - Livro que possui um tom sarcástico/Personagem sarcástico;
  4. Can - Personagem que você odiou no início, mas depois passou a amar;
  5. Guru - Livro que deixou você feliz;
  6. Abel - Livro/personagem que deixou você aborrecido ou irritado;
  7. Tigrão - Livro mais divertido e engraçado que você já leu;
  8. Corujão - Livro de leitura confusa, ou que deixou você confuso;
  9. Pooh - Livro ou série literária que você não consegue viver sem!!

SPOILER!!

Então vamos às respostas:

sexta-feira, 4 de julho de 2014

Penny Dreadful: Primeira Temporada

Neste domingo foi exibido o último episódio de Penny Dreadful, o qual já comentei aqui neste post. Adorei esta primeira temporada, achei que a proposta foi muito interessante e bem executada. Vou então comentar minhas impressões sobre esta temporada.


terça-feira, 1 de julho de 2014

Leituras de Junho

Junho foi um mês em que não li tanto, apenas 2 livros. Ao menos foram leituras bem aproveitadas, isso podem ter certeza.



domingo, 29 de junho de 2014

Filmes e séries nas férias

Então, estou de férias já faz uma semana, e com mais 3 dias pela frente (volto a trabalhar na quinta). Claro, aproveitei para ler e ver uns filmes e séries. Alguns não irão aparecer por aqui por que eu esqueci que assisti, nem quis comentar, então vamos lá:



Frozen


Sim, eu ainda não tinha assistido Frozen! O pior é que quando eu vi o trailer no cinema fiquei todo empolgado pra ver, e minha namorada não. Ela viu no cinema, e ficou pegando no meu pé pra assistir e só agora que vi. Adorei ele, muito legal <3 <3 <3


A Balada do Pistoleiro (Desperado)


Filme bizarro e aleatório, é o segundo de uma trilogia: vem depois de El Mariachi e termina com Era Uma Vez no México. O que posso dizer dele? Tiros, sangue, tiroteio, apelações e cenas bizarras. Claro que recomendo!



Medo e Delírio (Fear and Loathing in Las Vegas)


Johnny Depp fazendo papel de drogado junto com Benício Del Toro em um filme com cenas estranhas e inusitadas, que eu tenho quase certeza de que o diretor estava usando também enquanto fazia o filme. Recomendo para quem gosta do estilo.




O Enigma do Outro Mundo (The Thing)


Recentemente esse filme ganhou um prequel. Conta a história de uma expedição científica que se depara com um alien que pode se replicar e mudar de forma, assumindo a forma deles mesmos. Filme velho, meio parado, mas é legal se estiver com paciência e não fizer questão de um final fodástico.



Trapaça


Filme longo, é legal mas eu esperava mais, pelo trailer parecia ser algo mais movimentado e divertido, e achei que em alguns momentos ficou meio 'devagar'. Mas isso mais pela minha expectativa do que pelo filme, que foi sim bem feito e merece ser assistido, tendo em mente que são um pouco mais de 2 horas, e não é agitado.


Um Olhar do Paraíso (The Lovely Bones)

Drama. Triste. Mostra a história de uma garota que foi assassinada, e observa os efeitos que o seu desaparecimento (seu corpo não foi encontrado) causa em sua família e no seu assassino.




Orange is the New Black


Comecei a assistir este seriado original do Netflix, já vi 5 episódios e até agora estou gostando bastante. A série não é um 'Oz', com foco maior na violência, o que para mim é bom. Mostra bastante da história dos personagens antes de irem para a cadeia, e também como é a vida de Piper Chapman na prisão feminina, tendo que se adequar a regras que muitas vezes não estão escritas, mas que nem por isso deixam de ter pesadas consequências.


quarta-feira, 18 de junho de 2014

Malévola: Quando a vilã é a heroína

“Existe um mal nesse mundo e não posso protegê-la dele”
— Malévola


Este fim de semana finalmente assisti Malévola e devo dizer que gostei bastante. Não que o filme seja uma obra prima, mas é um bom conto de fadas, com atuação e efeitos especiais bem competentes. Para quem não quiser saber de nenhum spoiler ou não quer ler o post todo, que ficou gigante, sugiro pular direto para a seção Considerações Finais.

O filme mostra a história de Malévola (jura?) desde antes do filme A Bela Adormecida. Ele começa com a jovem Malévola ainda criança, voando por aí e brincando com os Moorsseres mágicos que vivem na floresta separados dos humanos. Vale a pena mencionar: o mundo dos Moors é muito lindo, e o design deles também é muito legal. Claro, sendo um conto de fadas da Disney, o visual tinha que ser muito bem cuidado. Nesta primeira parte me ficou apenas uma dúvida, que talvez tenha sido explicado antes de eu entrar no cinema (entrei logo depois do filme ter começado, e perdi acho que uns 2 ou 3 minutos): QUEM DÁ O NOME DE MALÉVOLA A UMA FADA CRIANÇA? Sério, achei que ela tinha um nome qualquer, e que depois adotou o nickname ganhou a famosa alcunha ao realizar algum ato deveras maléfico.




É então que a pequena conhece Stefan, um garoto pobre que tinha o sonho de um dia morar no castelo. Ele dá uma amostra de bondade/gentileza ao realizar um ato muito pequeno, mas de enorme significado: ao descobrir que o ferro fere a fada (parece até trava língua), ele joga fora seu único bem, um anel de ferro. E é assim que ele ganha o coração dela, culminando em um beijo de amor verdadeiro (ou não).


Ele disse que era um beijo de amor verdadeiro. Mas não era pra ser.

sexta-feira, 13 de junho de 2014

TAG: Isso ou aquilo

Esta é a primeira tag que eu venho a responder aqui no blog, Isso ou Aquilo, e foi indicação da Mari Pacheco do blog Livros e Nerds. Curiosamente ainda não respondi a tag que eu mesmo tive a ideia e já foi gravada por algumas pessoas: Dias da Semana em Livros. Essa tag tem algumas perguntas que é meio difícil decidir ou explicar, ao menos pra mim, haha. Se eu ficar meio em cima do muro, não liguem não, ok?


quarta-feira, 11 de junho de 2014

As melhores histórias de Doctor Who segundo a DWM

Na última edição da Doctor Who Magazine (#474), foram apresentados os resultados de uma pesquisa entre os fãs sobre os 50 anos anos da série, que levantou quais as melhores e piores histórias na opinião dos leitores. Confiram abaixo a lista com o top 10 das 241 histórias de Doctor Who feitas até agora:
  1. The Day of the Doctor (92.06%)
  2. Blink (91.87%)
  3. Genesis of the Daleks (91.60%)
  4. The Caves of Androzani (90.60%)
  5. City of Death (90.30%)
  6. The Talons of Weng-Chiang (90.15%)
  7. The Empty Child/The Doctor Dances (89.48%)
  8. Pyramids of Mars (88.26%)
  9. Human Nature/The Family of Blood (87.90%)
  10. Remembrance of the Daleks (87.88%)
Já as 10 piores histórias 'menos favoritas' são estas:
  1. The Space Museum (53.78%)
  2. The Rings of Akhaten (53.44%)
  3. The Dominators (50.32%)
  4. The Space Pirates (47.23%)
  5. Underworld (46.68%)
  6. Time-Flight (45.74%)
  7. Timelash (45.22%)
  8. Time and the Rani (45.09%)
  9. Fear Her (42.68%)
  10. The Twin Dilemma (40.18%)
Love and Monsters ficou em 220º

Outra pesquisa também foi feita para eleger o Doctor favorito, e admito que o resultado me surpreendeu: Tom Baker voltou ao topo, após um tempo com Tennant sendo o favorito, e não só isso, Matt Smith passou David Tennant para trás na preferência do público.
  1. Tom Baker (21.69%)
  2. Matt Smith (15.57%)
  3. David Tennant (15.49%)
  4. Patrick Troughton (12.09%)
  5. Jon Pertwee (8.72%)
  6. Peter Davison (6.11%)
  7. Sylvester McCoy (5.38%)
  8. Christopher Eccleston (4.39%)
  9. William Hartnell (4.04%)
  10. Paul McGann (3.31%)
  11. Colin Baker (2.52%)
  12. John Hurt (0.68%)
Pois é, pelo jeito o 4º Doctor realmente vai ficar firme e forte na preferência do público. Ou não? Vamos ver o que nos espera após a primeira temporada das sobrancelhas do Peter Capaldi.

Come at me bro!

Infelizmente não tive acesso à revista para saber quantos responderam, ou mesmo como se chegou a essa pontuação dos episódios, já que parece mais ser uma nota/aprovação do que uma lista de favoritos mesmo. Se alguém tiver a revista, por favor deixe um comentário falando sobre isso. :D

Para quem (como eu) não sabe de cor o nome dos arcos/histórias, vamos relembrar:

quinta-feira, 5 de junho de 2014

Diário de Bordo: Perry Rhodan 46 - Projeto Aço Arcônida

Post um pouco mais curto, por que li este livro aos poucos, e já terminei de ler ele faz tempo, acho que um pouco mais de um mês.

Este volume foi, ao meu ver, um pouco mais lento e focado em estratégia do que os anteriores. Enquanto nos dois últimos, O Homem e o Monstro (44) e Aralon, o Centro de Epidemias (45), tivemos duas histórias com grande enfoque nas lutas e guerras, este mostrou os terranos tentando se infiltrar e sabotar a conferência que os Aras estavam realizando junto com Saltadores e Super-pesados. Não que isso seja ruim, já que algo que adoro em Perry Rhodan é justamente essa troca de ritmos e estilos de escrita, junto com o foco que troca de acordo com o ponto da história em que nos encontramos.

Informações

Ciclo: 1 - A Terceira Potência
Autor: Kurt Brand
Lançamento: 20/07/1962
Período da história:Outubro de 1984
Localização: Laros

A história da Terceira Potência em poucas palavras:

- O foguete Stardust alcança a Lua e Perry Rhodan descobre a nave exploradora dos arcônidas, que realizou um pouso de emergência (vol. 1).

- Instalação da Terceira Potência, contra a resistência das grandes potências terrenas e defesa contra tentativas de invasão extraterrena (vols. 2 a 9).

- Primeira intervenção da Terceira Potência nos acontecimentos galácticos. Perry Rhodan defronta-se com os tópsidas e procura solucionar o enigma galático (vols. 10 a 18).

- A Stardust-III descobre o planeta Peregrino, e Perry Rhodan alcança a imortalidade relativa (vol. 19).

- Perry Rhodan regressa à Terra e luta por Vênus (vols. 20 a 24).
- O Supercrânio ataca (vols. 25 a 27).

- Chegada dos saltadores, que pretendem eliminar a concorrência potencial da Terra no comércio galáctico (vols. 28 a 37).

- Primeiro contato de Perry Rhodan com Árcon e atuação como delegado do cérebro positrônico que exerce o governo no grupo estelar M-13 (vols. 38 a 42).

A missão Aralon, durante a qual Perry Rhodan esteve empenhado em obter o remédio contra a peste dos nonus, está concluída. Com isso, a atuação de Rhodan, sócio do cérebro robotizado de Árcon, deveria ter chegado ao fim, ainda mais que com a descoberta da conspiração e a prisão dos conspiradores não há mais nenhum perigo que ameace o Império.

Assim acredita Perry Rhodan, que pede férias ao Regente. Mas o Projeto Aço Arcônida, realizado por Perry Rhodan, pode ser tudo, menos férias...

= = = = = = = Personagens Principais: = = = = = = =

Perry Rhodan — Que pede férias ao Regente.

Reginald Bell — O melhor amigo e confidente de Perry Rhodan.

Gegul — Um inspetor-chefe dos aras, que comete um engano.

Keklos — Biólogo-chefe dos aras.

Talamon — Cuja vida foi salva por Perry Rhodan. Agora o superpesado terá oportunidade de retribuir de igual para igual.

Topthor — Chefe de um dos clãs dos superpesados, que fareja um bom negócio.

A história nos apresenta Perry Rhodan entrando em férias dos serviços prestados ao robô-regente de Árcon. Ele pediu férias, mas na verdade precisava cuidar dos Aras, que estavam entrando em contato com os saltadores e superpesados para dizimar o planeta Terra. Isso tudo foi possível por que Talamon, o superpesado que Rhodan poupou em um embate anterior, o avisa do conselho que os Aras haviam convocado, chantageando os saltadores para obter apoio contra Rhodan. Em troca, ganha uma proposta de Rhodan: várias toneladas do aço Árcon-T, utilizado em na construção de naves espaciais, em troca de seu apoio estratégico e militar.

Claro que a proposta atrai Talamon, que concorda em dar as informações sobre o conselho e ajudar a proteger a Terra caso ela venha a ser descoberta. Ao longo da história, mais uma vez Rhodan consegue jogar a galáxia contra os Aras: ao saber que o planeta Exsar foi intencionalmente infectado pelos Aras para punir os Saltadores daquele clã, que não queriam auxiliar os Aras, Rhodan envia Tifflor para lá, com o intuito de desmascará-los e enviar uma transmissão ao resto da galáxia os acusando. Para tentar desmentir a situação, os Aras 'se oferecem' para enviar milhares de médicos e toneladas de medicamentos para curar, de graça, os saltadores infectados pela epidemia.

Talamon faz uma proposta a Topthor, mas sem que ele suspeite que estaria ajudando quem tanto odeia: Perry Rhodan. Topthor, único mortal não-terrano a saber a posição da Terra fica extremamente interessado em ganhar dinheiro, é claro. Enquanto isso, os terranos tentam alterar os dados da Terra salvos na memória do computador da nave de Topthor, e Keklos possui um plano misterioso que vai colocando em execução aos poucos, ao passo que na Terra os compensadores estruturais começam a ser instalados nas naves. Também somos apresentados aos Bios, seres artificiais criados pelos Aras, e imunes aos poderes dos mutantes. O volume acaba com a nave de Bell e os mutantes sendo puxada de volta para a lua onde se realizava o conselho: a 8ª lua do planeta Gom.

quarta-feira, 4 de junho de 2014

Assistindo Doctor Who clássico: The Daleks

Terminei de assistir a segunda história de Doctor Who: The Daleks. Foi um arco legal pois mostrou o primeiro encontro entre Doutor e Daleks. Ele é dividido em 7 episódios que foram ao ar de 21 de dezembro de 1963 a 1 de fevereiro de 1964.
Devido a um problema na TARDIS, o Doctor e seus companheiros acabam pousando num local desconhecido, mais precisamente, numa floresta petrificada. Explorando um pouco, eles encontram uma cidade futurística, O Doctor, então, afirma que eles tem que explorar essa cidade, o que eles não sabem é que no subsolo desta, vivem os Daleks, uma raça que sofreu mutações após uma guerra com os Thals
Este arco tem quase o dobro de tamanho que o primeiro: An Unearthly Child teve 4 episódios. Além do tamanho maior, este arco também teve uma trama mais elaborada do que o anterior, e apresentou os seres que viriam a se tornar os maiores inimigos do Doutor, os Daleks.